2212 — Novos memogravadores digitais Sony

Jul 1, 2003 | Conteúdos Em Português

Memogravador Sony ICD-MS515A Sony lançou os memogravadores digitais IDC Sony. Oferecendo uma qualidade de gravação de grande fiabilidade, estes equipamentos têm uma autonomia de gravação variável entre os 150 e os 339 minutos (modo LP). Com uma capacidade de memória entre os 8 e os 16 MB, os memogravadores da Sony atraem pelas suas reduzidas dimensões (apenas 75 gramas de peso máximo, incluindo as pilhas).

Os memogravadores digitais Sony estão equipados com o algoritmo de gravação LPEC, uma inovação que proporciona maior qualidade na gravação e garante mais tempo de gravação, que poderá ir até aos 339 minutos.

Disponíveis em diferentes versões, os ICD Sony são fáceis de utilizar, possibilitando, entre outras funcionalidades, a activação por voz, autonomia de gravação até doze horas e controlo da sensibilidade do microfone.

Uma ligação a PC via USB facilita os processos de reprodução e edição. Os IDC Sony permitem ainda organizar as gravações em diferentes arquivos e ficheiros (até 340 arquivos num total de 965 mensagens no ICD-MS515, com Memory Stick ), com gravação de data e hora.

A função DPC – Digital Pitch Control – permite também reduzir a velocidade de reprodução sem que se perca o detalhe.

Estes novos equipamentos são fornecidos com software — Memory Stick Voice Editor 2.0 ou Digital Voice Editor 1.2 —, compatível com Windows 98/2000/Me/XP, o qual permite fazer em PC a leitura e edição das mensagens gravadas no ICD , assim como o seu envio via e-mail.

Os vários modelos dos memogravadores digitais da Sony (ICD-MS515, ICD-ST10, ICD-P17, ICD-B17 e ICD-B7) estão disponíveis por preços que variam entre cerca de 73 e quase 330 euros .

2003-07-01

http://www.sony.pt

Notícias – Indústria